EUROPA

EUROPA
Descobrindo o "Antigo Continente"

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

BERLIM

Berlim

Vinte anos mais nova
Onde você estava em 9 de novembro de 1989, quando o Muro caiu? Certamente muito mais distante de Berlim do que está hoje. Nessas duas décadas, a capital da Alemanha reunificada deixou de ser uma curiosidade fora de mão para retomar seu devido lugar no centro da Europa - e entrar no mapa de cada vez mais viajantes. Foram 20 anos trepidantes em que a cidade se mudou para a antiga parte oriental, num redesenho urbano inédito no Velho Mundo. Nem tudo, porém, se ocidentalizou: os preços continuam - perdão - camaradas. Berlim é uma pechincha nórdica: um lugar onde você não gasta mais do que gastaria numa grande cidade da Espanha.

Tageskarte Berlim é espalhadíssima - você vai acabar andando bastante de metrô (U-Bahn) e trem urbano (S-Bahn). O passe diário para a zona urbana, Tageskarte AB, custa 6,10 euros (no dia em que você for a Potsdam, compre o ABC, que custa 6,50 euros). Se ficar por pelo menos cinco dias, compre um passe semanal, o Wochekarte AB, a 26,20 euros (no dia em que você for a Potsdam, na zona C, complemente com dois extension tickets de 1,20 euro cada um).

Schaulust O passe de museus (smb.museum) de Berlim custa 19 euros e vale por três dias em 70 lugares. Os mais importantes, como o Pergamon (onde está o portão de Ishtar), o Altes (casa do busto de Nefertiti) e o Bode (dono de uma fantástica coleção numismática) são vizinhos na Ilha dos Museus (Museuminseln). O Schaulust não vale para os palácios prussianos; compre um Premium Day Pass (a 15 euros), vendido apenas na bilheteria do Palácio Sans Souci, em Potsdam, e terá direito a visitar os palácios de
Charlottenburg no dia seguinte.

Debaixo do edredom Você sabe que está na Alemanha quando a sua cama vem com um edredom revestido de lençol - o prático duvet. Ótimos lugares para ficar debaixo do duvet em Berlim: o novinho Circus Hotel (circusberlin.de; diárias desde € 65, solteiro, e € 75, duplo; Cc: M, V), em Mitte; o básico Meininger Senefelder Platz
(meininger-hostels.com; diárias desde € 70; Cc: M, V), no melhor ponto de Prenzlauer Berg; e o flat Apartmenthaus (pension-peters-berlin.de; diárias desde € 70), em Mitte.

Vai alugar? Prefira o eixo Mitte-Prenzlauer Berg, que se tornou o coração da nova Berlim. No antigo lado ocidental, procure em Charlottenburg, nas vizinhanças da Savignyplatz, com transporte fácil para o leste. all-berlin apartments.com e ota-berlin.de.

Guten appetit Dois lanches de rua imperdíveis: as salsichas com pão e mostarda (Bradwurst, branca, de vitela; Currywurst, com molho à base de curry, especialidade berlinense) e o Döner Kebap, aquilo que no Brasil chamamos de churrasco grego (e que foi inventado por um turco em Berlim). Para jantar sentado e barato em Mitte: enfrente a fila do vietnamita transadinho Monsieur Vuong (Alte Schönhauser 46, 030-3087-2643) e descubra a cozinha turca numa das filiais do Hasir (Oranienburger Strasse 4, 030-2804-1616; Cc: M, V). Uma extravagância: o schnitzel (costeleta de porco empanada) do elegantérrimo Lutter und Wegner (Charlotten Strasse 56, 030-2029-5417; Cc: A, M, V), com vista para a linda praça Gendarmenmarkt.

Se essa rua fosse sua Lugares animados para se perder à noite: Oranienburger Strasse, em Mitte, Kastanienallee e Kollwitz Platz, em Prenzlauer Berg, e Simon-Dach-Strasse, em Friedrischshain (que concentra alguns dos bares e restaurantes mais em conta da cidade).

Bate-volta A antiga cidade imperial de Potsdam está a 20 minutos pelo trem regional (mas a 45 minutos pelo S-Bahn). O campo de concentração de Sachsenhausen fica a 40 minutos indo de S-Bahn (mais uma boa caminhada).

Seguindo viagem Na direção leste, a dobradinha Dresden (2h20 de trem) e Praga (mais 2h40) cai como uma luva. Querendo explorar a Alemanha mais típica, pegue um trem para Würzburg (3h40), alugue um carro e faça a Estrada Romântica até Munique.

Vai alugar? Prefira o eixo Mitte-Prenzlauer Berg, que se tornou o coração da nova Berlim. No antigo lado ocidental, procure em Charlottenburg, nas vizinhanças da Savignyplatz, com transporte fácil para o leste. all-berlin apartments.com e ota-berlin.de.

Guten appetit Dois lanches de rua imperdíveis: as salsichas com pão e mostarda (Bradwurst, branca, de vitela; Currywurst, com molho à base de curry, especialidade berlinense) e o Döner Kebap, aquilo que no Brasil chamamos de churrasco grego (e que foi inventado por um turco em Berlim). Para jantar sentado e barato em Mitte: enfrente a fila do vietnamita transadinho Monsieur Vuong (Alte Schönhauser 46, 030-3087-2643) e descubra a cozinha turca numa das filiais do Hasir (Oranienburger Strasse 4, 030-2804-1616; Cc: M, V). Uma extravagância: o schnitzel (costeleta de porco empanada) do elegantérrimo Lutter und Wegner (Charlotten Strasse 56, 030-2029-5417; Cc: A, M, V), com vista para a linda praça Gendarmenmarkt.

Se essa rua fosse sua Lugares animados para se perder à noite: Oranienburger Strasse, em Mitte, Kastanienallee e Kollwitz Platz, em Prenzlauer Berg, e Simon-Dach-Strasse, em Friedrischshain (que concentra alguns dos bares e restaurantes mais em conta da cidade).

Bate-volta A antiga cidade imperial de Potsdam está a 20 minutos pelo trem regional (mas a 45 minutos pelo S-Bahn). O campo de concentração de Sachsenhausen fica a 40 minutos indo de S-Bahn (mais uma boa caminhada).

Seguindo viagem Na direção leste, a dobradinha Dresden (2h20 de trem) e Praga (mais 2h40) cai como uma luva. Querendo explorar a Alemanha mais típica, pegue um trem para Würzburg (3h40), alugue um carro e faça a Estrada Romântica até Munique.

Nenhum comentário: